Acesse meu outro blog ->

Acesse meu outro blog --> Pensamentos e Fragmentos

sábado, 14 de agosto de 2010

Hypocrisis

Hipocrisia deriva do latim hypocrisis e do grego hupokrisis ambos significando a representação de um ator, atuação, fingimento (no sentido artístico). Não sou o primeiro a dar atenção a está comédia, diria Erasmo, ou esta tragédia, diria qualquer moralista. Mas distanciando-nos dos perigosos juízos de valor e arriscando-nos no fértil terreno para além do bem e do mal, na busca de uma compreensão maior da existência, não é difícil encontrar atores por onde quer que passemos... afinal o que são todas as convenções sociais senão pura hipocrisia, ou se preferir, para ser eufêmico, atuação, dissimulação? Coragem, vamos! Dissimular, enganar, fingir, atuar... afinal convenções são isso, seja educado, gentil, moral, porque só assim poderá desfrutar livremente dos beneficios da vida em sociedade. Dizer a verdade sempre equivaleria a declarar guerra a humanidade, guerra a si mesmo. Ao libertar e dar vida a todos os sentimentos, impulsos e pensamentos o mundo seria outra vez uma selva... quem está disposto a encarar esta realidade?  Seria insustentável esse individualismo, nem todos estão aptos a lidar com as verdades alheias, com o que pensam, o que sentem, o que desejam, em que muitas vezes encaram como ofensa. Chamo de boa fé essa hipocrisia que permite a estabilidade da vida social, porém não podemos ignorar a hipocrisia de má fé, que atua com fins muito além bom senso e do "politicamente correto', com fins totalmente tendenciosos, agindo de má fé, engando, trapaceando, manipulando pessoas para atingir seus fins, essa hypocrisis, muito pelo contrário da anterior, é a declaração de guerra a sociedade, guerra a toda estabilidade e harmonia que a sinceridade e boa fé permitem. Como nas questões de consciência a lei da maioria não vale, não é novidade que todo munto mente, não é sensato confiar na honestidade alheia, mas a hipocrisia de má  fé nunca resiste a uma boa observação, um deslize de um segundo, por mais insignificante que seja, pode colocar xeque todo o disfarce.

Alan Silva

(Imagem de Willian Ferreira)

2 comentários:

Richard Mathenhauer disse...

Meu Caro Alan,

Não sei se li bem seu texto e apreendi sua idéia, mas hipocrisia para mim não tem sentido positivo em momento algum. Precisamos das embaçadeas recíprocas, como diria Machado de Assis, mas mesmo elas não são positivas. Podem manter uma ordem social, mas, agimos, segundo Kant, pelo meio ou pelo fim?

Um grande abraço de quem o admira,


P.S.
Pq não me add no MSN? É um convite, na verdade.

Alan Silva disse...

"Há várias maneiras de se ver o mesmo quadro e nenhuma é igual a outra", já dizia um músico que nasceu póstumo... mentiras não me interessam, mesmo quando sinceras. Mas nem sempre devemos fazer ao outro o que gostariamos que fizessem a nós, nossos gostos podem ser diferentes, assim penso...

Kant dizia que agimos sempre um busca de fins... porém ao considerarmos um fim, nos utilizamos de meios para os atingir.

É um convite irrecusável, segue o meu email: alanjhon10@hotmail.com.

Um forte abraço